Gestão de serviços de TI: Quais os maiores desafios?

[BPS] Gestão de serviços de TI Quais os maiores desafios_CAPA

A evolução da tecnologia trouxe desafios mais complexos para o gestor de T.I. Alguns erros podem custar muito caro para a empresa, e, até mesmo, ao responsável, principalmente por se tratar de um cargo de gestão. Por isso, é importante ter um planejamento bem alinhado, para que qualquer falha ou desatenção que aconteça, seja evitada a tempo. 

Pensando nisso, criamos uma lista com os principais desafios do gestor de TI, com algumas dicas para contorná-los.

5 desafios do gestor de TI

  1. Segurança dos dados

Um dos maiores desafios do gestor de TI é manter a segurança de dados da empresa, afinal, estamos lidando com a principal insegurança dos usuários. É, portanto, algo que deve ser levado muito a sério e com atenção redobrada.

Não podemos, em hipótese alguma, desconsiderar os cuidados com: 

  • Senhas;
  • Acessos;
  • Controle de licenças.

Manter as soluções de segurança sempre atualizadas é um pré-requisito básico para a área de TI. 

A proteção de dados e o foco na segurança são fatores de destaque nas empresas. 

Esse é um dos tópicos que serão abordados no nosso próximo Loupen Talks – 3 desafios encontrados na TI e como resolvê-los, que acontece no dia 24 de março às 11h, com o especialista em produtos Freshworks, Davi De Paulo. 

A inscrição é gratuita e você pode fazer diretamente por aqui.

2. Reconhecer possíveis erros de gestão 

Não reconhecer as falhas em uma gestão de projetos é uma prática que impede que toda a empresa cresça, além de afetar diretamente a experiência do usuário. 

Algumas práticas, vistas como automáticas, ou normais, por exemplo, podem potencializar os desafios do gestor de TI e ocasionar em erros.

As falhas mais comuns são:

  • Não dar feedback;
  • Sobrecarregar colaboradores;
  • Não investir em treinamentos;
  • Não honrar compromissos.

Saber reconhecer os erros é imprescindível para um bom gestor de TI, além de possibilitar um cenário de melhoria no setor da empresa. 

3. Roteiros digitais acelerados

 

Kim Huffman, CIO da Elastic, diz que a pandemia acelerou a evolução das práticas da empresa, depois que a TI concluiu a mudança para operações remotas e repensou a melhor forma de oferecer suporte às necessidades de tecnologia e bem-estar dos funcionários. 

“A prioridade de negócios de 2021 agora está indo além dos esforços de transformação digital de vários anos para a inovação do modelo de negócios digital, que se concentra em velocidade, flexibilidade e agilidade”, diz Huffman, que complementa: “A rápida migração para a nuvem e o foco no tempo para obter valor criou uma mudança inesperada nas habilidades que os líderes de TI procuram contratar. Em 2021, além do conhecimento técnico, será uma prioridade encontrar pessoas com capacidade de promover a gestão da mudança, conforme a composição da força de trabalho evolui e a tecnologia necessária evolui com ela”.

4. Investir em treinamentos dos funcionários 

O mercado de TI está se expandindo cada vez mais e, como consequência, a demanda por profissionais qualificados tem crescido muito. Diante disso, vem a importância de investir ainda mais em treinamento e desenvolvimento para quem trabalha no setor de TI. 

Não investir na capacitação desses profissionais gera prejuízo para uma empresa de TI. Seja ele a perda na qualidade, o aumento no número de erros ou a queda da motivação de seus colaboradores. 

Profissionais sem treinamento vão ter mais dificuldades para encaminhar suas tarefas e cumprir suas responsabilidades. 

5. Garantir o desempenho das aplicações

Entender, controlar e analisar como seus usuários interagem com as soluções oferecidas será cada vez mais importante no ambiente de TI.

Escolher a ferramenta certa possibilita saber exatamente o que está acontecendo com as suas aplicações, o que o seu usuário está fazendo — em tempo real — e assim descobrir falhas no seu software de forma antecipada, ou seja, antes de grandes problemas aconteçam. 

Com o monitoramento de aplicações, é possível colher métricas precisas sobre sistemas complexos e avaliar sua usabilidade e desempenho, realizando melhoramentos conforme necessário.

Na maioria das vezes, os agentes de TI ficam sobrecarregados com problemas e solicitações que podem ser evitados.

O Freshservice descomplica a carga de trabalho da sua equipe de TI com uma central de serviços intuitiva e fácil de usar.

Loupen Talks – 3 desafios encontrados na TI e como resolvê-los

No dia 24/03, às 11h, o speaker Davi de Paulo, especialista em produtos Freshworks, falou sobre os 3 desafios encontrados na TI e como resolvê-los!

Compartilhe esta publicação

Explore outras publicações

A Loupen utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a utilização dessas tecnologias, como também, concorda com os termos da nossa política de privacidade.