Como usar a tecnologia para potencializar o agronegócio?

[BPS] Como usar a tecnologia para reduzir riscos no agronegócio_2

A população mundial vem crescendo de forma constante, e hoje temos 7,7 bilhões de pessoas no mundo.

A população crescente não é o único desafio enfrentado pelos agricultores modernos. E quanto à escassez de mão de obra e consumidores que pedem um sustento ecologicamente correto? A resposta para todos esses questionamentos é a automação da agricultura.

Novos avanços em tecnologias que vão desde robótica e drones até software de visão computacional transformaram completamente a agricultura moderna. Os agricultores agora têm acesso a ferramentas que os ajudarão a atender às demandas da população cada vez maior e mais exigente do nosso mundo.

Entenda, durante a leitura deste artigo, o que é a automação agrícola e como usar a tecnologia para potencializar o agronegócio.

O que é automação agrícola?

A automação agrícola, muitas vezes associada à “agricultura inteligente”, é uma tecnologia que torna as fazendas mais eficientes e automatiza o ciclo de produção agrícola ou pecuária. Um número crescente de empresas está trabalhando em inovação robótica para desenvolver drones, tratores autônomos, colheitadeiras robóticas, rega automática e robôs de semeadura. Embora essas tecnologias sejam relativamente novas, a indústria tem visto um número crescente de empresas agrícolas tradicionais adotarem a automação agrícola em seus processos.

Dado do relatório Agtech Trends In 2020, feito pela Plug and Play, mostra que, nos últimos dez anos, o investimento em tecnologia agrícola teve um crescimento expressivo. Foram US$ 6,7 bilhões investidos nos últimos cinco anos e US$ 1,9 bilhão somente no último ano.

Por mais que somos influenciados a pensar em grandes robôs fazendo a colheita nas lavouras, a agricultura automatizada tem muita “tecnologia invisível aos olhos” atuando por trás de todos os processos. Aqui estamos falando de inovações como Big Data, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, etc, que são as principais tendências do mercado agrícola nos próximos anos.

Usando a tecnologia para reduzir riscos no agronegócio

Fazer um planejamento otimizado de cada etapa, calcular possibilidades e variantes e acompanhar de perto as operações podem fazer toda a diferença na produção final. Essas ações permitem muito mais assertividade na tomada de decisão e agilidade na resposta aos conflitos, mantendo a produtividade e evitando grandes perdas nas lavouras.

Uma solução tecnológica com grande impacto na redução de riscos no agronegócio é o monitoramento de campo. Atualmente, é possível fazer um controle remoto e centralizado dos maquinários das operações em tempo real a partir da transferência de informações do controlador de bordo do maquinário agrícola para a nuvem através de canais de comunicação 3G, 4G, Wi-Fi ou satélite.

Assim, os gestores podem tomar decisões e realizar intervenções rápidas sempre que necessário, mesmo fora do campo.

Quais os benefícios em se investir em uma agricultura automatizada?

O que todos os setores sempre buscam é redução de custos, obviamente para aumentar a lucratividade da produção. Mas, na prática, o que isso significa? Continue lendo que vamos apresentar as vantagens de se investir em automação agrícola.

Eficiência de trabalho: não adianta produzir mais e reduzir custos se a precisão do trabalho realizado não é a ideal. Automatizar significa reduzir a intervenção humana para dar espaço a operações parametrizadas a partir de dados já conhecidos e deixar que a própria máquina, a partir de suas tecnologias, realize o trabalho. Para isto, é necessário que seus sensores estejam calibrados e seus dados atualizados, assim será possível realizar um trabalho de uma forma tão precisa que nenhum operador conseguiria fazer de forma manual.

Sustentabilidade: Com a precisão do trabalho automatizado garantimos a utilização de agroquímicos apenas na quantidade necessária para manter o produto final nas condições ideais, além de menor desperdício da colheita, já que haverá menos danos e maior qualidade do produto final. 

Vantagens para o consumidor final: com uma operação mais rentável, um produto final de maior qualidade e mais sustentabilidade na cadeia produtiva, quem ganha mesmo é o consumidor final, que terá a sua disposição um produto de alta qualidade e melhor aproveitamento da matéria-prima.

Como a nossa solução Central ajuda o agronegócio?

O monitoramento de maquinário nas operações agrícolas traz diversos benefícios para o negócio – evitando impactos negativos para agricultores e gestores rurais.

Preveja a necessidade de manutenção dos equipamentos e programe os reparos pertinentes, evitando o risco de falhas no meio do processo agrícola, otimizando tempo e recursos.

Veja o que o Central pode fazer por você:

Acompanhe os processos produtivos em tempo real –   Esse acompanhamento pode ser feito a partir de qualquer dispositivo móvel. Sendo assim, é possível ter uma experiência completa e mais fácil de gestão dos processos.

Alertas para correção de desvios ou desperdícios em curso – O Central possibilita o diagnóstico antecipado de possíveis problemas. Desse modo, é possível evitar desvios ou desperdícios em curso na produção. Ou seja, as correções ocorrem em tempo real, melhorando os resultados finais.

Automação dos processos nas granjas – A tecnologia otimiza a produção, agiliza os processos e gera análises preditivas. Ou seja, uma avaliação completa em tempo real, buscando dessa forma, atingir o máximo de produtividade e melhorar a eficiência.

A tecnologia a favor do agronegócio é cada vez mais necessária. Uma avaliação completa em tempo real, buscando atingir o máximo de produtividade e melhorar a eficiência, otimizando a produção, agilizando os processos e gerando análises preditivas.

Vamos agendar o seu teste gratuito? 

Compartilhe esta publicação

Explore outras publicações

A Loupen utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a utilização dessas tecnologias, como também, concorda com os termos da nossa política de privacidade.