Como a telefonia em nuvem evoluiu ao longo dos anos?

[BPS] Como a telefonia em nuvem evoluiu ao longo dos anos_CAPA

Embora  a tecnologia VoIP  tenha explodido na última década, a verdadeira história dos telefones VoIP e da Internet é muito mais longe do que você poderia esperar.

A história do VoIP começa há cerca de 100 anos nos Laboratórios Bell (nomeado, é claro, por Alexander Graham Bell, o inventor do telefone).

Aqui, contaremos como a telefonia via Internet passou de um obscuro sintetizador de voz, para um grampo de comunicação empresarial com mais de 1 bilhão de usuários.

1928: As raízes da tecnologia VoIP são formadas 

Em 1925, os departamentos de engenharia da AT&T e da Western Electric uniram forças para abrir o Laboratório Bell.

A Bell Labs foi criada para inventar, projetar e aprimorar tecnologias que permitiriam à AT&T expandir seus serviços de comunicação em todo o país.

Em 1938, o engenheiro da Bell Labs, Homer Dudley, criou o primeiro sintetizador de voz eletrônico, conhecido como Vocoder. Ele fez sua estreia ao público na Feira Mundial de Nova York, onde os participantes ficaram fascinados com a capacidade de o vocoder de analisar e recriar os sons da fala humana. O conceito era semelhante à transmissão de pacotes de hoje, que grava amostras de voz em um telefone e a recria em outro.

O Vocoder foi usado no  sistema SIGSALY  para enviar mensagens secretas durante a Segunda Guerra Mundial.

1973: Primeiro pacote dados de voz transmitido 

Em 1973, Bob McAuley, Ed Hofstetter e Charlie Radar desenvolveram o primeiro pacote de voz sobre ARPANET no Lincoln Lab do MIT.

Essa transmissão de voz foi possível graças ao LPC, ou Linear Predictive Coding — a base da moderna tecnologia VoIP. LPC é uma técnica de análise de fala que se baseia no modelo preditivo linear para processar e ressintetizar formas digitais compactas de sinais de voz e fala.

Em 1974, Lincoln Lab e Culler Harrison, Inc. transmitiram com sucesso pacotes de dados de voz de teste um para o outro. Em 1976, Culler Harrison e Lincoln Labs fizeram uma teleconferência pela LPC. E em 1982, eles alcançaram um grande marco ao usar o LPC para se conectar através de uma rede de cabo local, uma rede de rádio de pacotes móveis e uma interface com a PSTN (Rede Telefônica Pública Comutada).

1989-1991: Primeiro aplicativo VoIP lançado como domínio público 

Em 1989, o desenvolvedor Brian C. Wiles queria construir um software que permitisse aos jogadores de videogame se comunicarem entre si através de modems discados enquanto jogavam. Ele criou o RASCAL, o primeiro sistema a enviar com sucesso redes de voz sobre Ethernet – seu primeiro aplicativo VoIP, tecnicamente falando.

A tecnologia da época exigia uma velocidade de 64 Kb/s para executar aplicativos de voz. Para superar isso, Wiles escreveu um esquema de dizimação/expansão que reduziu a largura de banda necessária para apenas 32 Kb/s.

NetFone, mais tarde conhecido como  Speak Freely , é o primeiro telefone VoIP baseado em software. Walker o usou principalmente para ouvir reuniões e conversar com outros programadores de sua empresa.

1993: Primeiro Sistema de Telepresença de vídeo

Antes do Skype e do Zoom, havia o Teleport, o primeiro sistema de telepresença (mais tarde renomeado para TeleSuite).

Os criadores David Allen e Herold Williams criaram este sistema básico de videoconferência para proteger seus negócios de resorts de luxo. Eles perceberam estarem perdendo negócios porque os hóspedes encurtaram as férias ou reservaram menos noites porque precisavam voltar às reuniões da empresa. As videochamadas foram a solução perfeita, e a Hilton Hotels logo se tornou seu primeiro grande cliente.

2003-2004: Skype e Vonage

Em 2003, a Skype — a empresa que se tornaria o nome mais conhecido em videochamadas de sua época — foi fundada na Estônia.

Logo, inúmeras  alternativas ao Skype  surgiram no mercado.

Vonage for Business  foi desenvolvido em 2004 e tinha cerca de 2 milhões de assinantes em 2006.

2005-2006: 

Em 2005, a Calypso Wireless lançou o C1250i, o primeiro celular com conectividade Wi-Fi.

O C1250i permitiu que os usuários alternassem facilmente entre torres de link de celular padrão e conexões Wi-Fi, o que possibilitou chamadas de videoconferência bidirecionais em tempo real e chamadas de telefone IP.

Em 2006, Truphone, o primeiro aplicativo VoIP móvel foi lançado para usuários de telefones Nokia, iPhones, Androids e Blackberry.

2016 – 2020: trabalho remoto, VoIP e comunicações unificadas

A tecnologia VoIP só nos Estados Unidos já havia se tornado uma  indústria de US$ 20 bilhões  em 2018 e teve uma taxa de crescimento de  mais de 28%  entre 2016 e o início de 2020.

Assim, enquanto a indústria de VoIP estava a caminho de se tornar o novo normal, a pandemia de Coronavírus que começou no início de 2020 acelerou essa linha do tempo. Um aumento quase noturno no trabalho remoto deixou as empresas lutando para atender às necessidades de comunicação remota.

As comunicações unificadas, com tecnologia VoIP, permitiram que equipes remotas se conectassem entre si e clientes através de vários canais em qualquer dispositivo, incluindo:

  • Chamadas de conferência
  • Várias linhas telefônicas
  • Mensagens de bate-papo da equipe
  • Correio de voz virtual

A integração com o software de CRM,  que fornecia o histórico essencial do cliente sobre as chamadas recebidas, tornou-se outro recurso essencial dos sistemas de telefonia VoIP empresarial.

Conheça GoToConnect – nosso sistema de telefonia em nuvem 

O GoTo Connect é um sistema de telefonia e reuniões em nuvem completo, expansível e personalizável com tudo o que as empresas precisam para se conectar em qualquer lugar: recursos de telefonia empresarial personalizáveis, videoconferências integradas do GoTo Meeting, bate-papo em equipe e funcionalidade de central de atendimento.

Você, novo cliente, não pode perder essa oferta exclusiva! Vamos garantir o seu aparelho gratuitamente?

Isso mesmo! Descubra como participar no link abaixo:

Mas corre, é por tempo limitado!

Compartilhe esta publicação

Explore outras publicações

A Loupen utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a utilização dessas tecnologias, como também, concorda com os termos da nossa política de privacidade.